A cada ano que passa muito mais pessoas utilizam seus smartphones para fazer todo o tipo de ação na internet como, por exemplo, acessar as redes sociais, acompanhar seus blogs favoritos, fazer compras etc. Diante disso, fica clara a importância de ter um e-mail marketing responsivo. Mas, se você ainda tem dúvidas, dá uma espiada nessas estatísticas:

  • De 20 a 75% das pessoas abrem e-mails marketings pelo celular. Esse número varia conforme o público-alvo.  eMailMonday
  • 80% das pessoas deletam os e-mails marketings não otimizados para celular. blue hornet
  • 3 a cada 10 leads cancelam a inscrição de e-mail marketings que não são responsivos. blue hornet

Essas estatísticas, por si só, já demonstram a importância de um e-mail marketing responsivo para alcançar seu público-alvo e obter sucesso em suas campanhas. 

Então, como você pode garantir que o seu e-mail marketing seja otimizado para dispositivos móveis? Leia o artigo  e veja algumas dicas de como obter um e-mail marketing responsivo.

Verifique se os temas da sua ferramenta possibilitam criar um e-mail marketing responsivo

Quando contratamos uma plataforma para gerenciar nossas campanhas de e-mail marketing é comum que elas já nos tragam um tema editável prontinho para usar. E isso facilita muito a vida do empresário e da equipe de marketing.

Mas antes de escolher o tema mais bonito, verifique se ele é compatível com dispositivos móveis e é facilmente visualizável e clicável em telas menores.

Algumas plataformas já deixam isso claro no próprio tema, mas caso essa informação não esteja disponível, faça um teste. Envie um e-mail para você e seus colaboradores antes de enviar para seus leads. Assim você pode sentir na pele como seu público mobile irá experienciar aquele e-mail.

Confira se os relatórios de resultados da sua ferramenta apresentam dados por dispositivo

Para obter um e-mail marketing responsivo, o primeiro passo é ter como verificar se os seus testes e alterações estão tendo algum efeito.

É aqui que entram as ferramentas de relatórios ou os recursos de relatórios internos do seu provedor de serviços de e-mail marketing. Muitas ferramentas de relatórios fornecem um detalhamento do desempenho de sua campanha por cliente e dispositivo. Isso possibilita que você veja exatamente o que seus clientes estão usando para acessar os seus emails e qual a sua taxa de resposta em cada um.

Dessa forma, ao testar suas melhorias, como a implementação de um modelo responsivo, encurtar suas linhas de assunto ou melhorar o texto pré-cabeçalho, por exemplo, você poderá ver se melhorou suas taxas de abertura e cliques em dispositivos móveis.

Também é uma boa maneira de ter uma ideia de qual porcentagem do seu público está usando vários dispositivos.

Veja como o e-mail marketing responsivo se comporta em dispositivos diferentes

Depois de descobrir quais dispositivos e clientes seus destinatários estão usando – e decidir para qual deles você vai otimizar -, verifique se você pode visualizar como seus e-mails serão exibidos neles.

Muitas plataformas de serviços de e-mail marketing vêm com essa funcionalidade incorporada (geralmente chamada de “Inbox Preview” ou “Inbox Testing”) — embora — em alguns casos seja um recurso premium que custa mais para permitir. Assim você consegue visualiziar como seus e-mails são apresentados em diferentes dispositivos e navegadores.

Se a  sua plataforma não tiver esse recurso, você poderá usar uma ferramenta de visualização de email separada, como o Inbox Inspector, o Litmus ou o Inbox on Acid. TestSubject by Zurb é outra ferramenta útil que permite testar como as linhas de assunto, o nome do remetente e o texto de pré-cabeçalho do email aparecem em dispositivos móveis.

Criando um design adequado

Embora uma boa plataforma de e-mail marketing possa fazer muito trabalho pesado quando se trata de otimizar seus e-mails para dispositivos móveis, se você levar a sério uma estratégia de e-mail marketing responsivo talvez seja necessário criar seus próprios modelos.

Diversos truques que farão com que seus e-mails funcionem bem em dispositivos móveis, como substituir imagens – que veicularão uma versão diferente de uma imagem para usuários de smartphone do que para usuários de computador. Substituir links por botões também é importante, pois facilita o uso para quem está no mobile já que os links textuais são pequenos e mais difíceis de clicar.

Caso você não seja ou não disponha de um programador, certifique-se de que o suporte esteja disponível na sua plataforma de e-mail marketing. Normalmente, eles irão ajudá-lo nessa empreitada. 

E, se você quiser mais umas dicas de design, dá uma espiada nesse artigo que escrevemos: Veja como ter um e-mail marketing mobile.

Essas são algumas dicas essenciais de como ter um e-mail marketing responsivo. A melhor maneira de aumentar as suas vendas é que você esteja acessível para seu público-alvo a qualquer momento e em qualquer lugar.

Gostou do artigo? Acompanhe nosso blog veja mais conteúdos como esse.

1 Comment

  • Curso De Tarot fevereiro 24, 2021

    Aqui é a Mariana Da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *